5 razões para uma quarta-feira turbulenta na bolsa brasileira

12/08/2020

1. O desabafo de Guedes

O ministro da economia, ao falar em debandada de membros de seu ministério e apontar para o risco de impeachment do presidente, caso este siga o receituário desenvolvimentista, deixou os agentes de mercado temerosos de que uma troca de comando do ministério da economia seja algo iminente.

2. Vencimento de IBOV futuro (WIN Q20) e influência da semana de vencimento de opções.

A fala de Guedes atinge o mercado justamente no dia do vencimento do contrato de agosto. O preço de ajuste será definido com base na média ponderada do IBOV das últimas 3 horas de pregão. Já o vencimento de opções sobre ações ocorre somente na próxima segunda-feira, dia 17/8. Contudo, trata-se de um vencimento "recheado" com um número elevado de titulares que embarcaram em narrativas associadas a duas empresas: a Via Varejo e a Cogna Educação.

3. Definição de inclusão ou não das ações da Via Varejo no MSCI LATAM

As ações da Via Varejo, hoje conhecida por quase todos como VARA, foram protagonistas nos últimos meses e atraíram um enorme contingente de investidores para o mercado de opções. Sendo assim, a decisão a ser anunciada pela MSCI deverá impactar o preço de abertura do papel nesta quarta-feira.

4. Acesso a BDRs poderá representar uma ameaça a empresas negociando com P/Ls elevados.

O elevado número de entrantes na bolsa de valores nos últimos 3 meses contribuiu de forma significativa para que ações de algumas empresas passassem a negociar na estratosfera, com P/Ls projetados superiores a 50x. A canetada da CVM permitindo o acesso de pessoas físicas a BDRs representa um golpe na escassez de alternativas na bolsa brasileira. Alguns investidores podem preferir comprar BDRs da Microsoft com um P/L de 35x do que comprar ações da WEG com um P/L projetado acima de 60x.

A negociação com BDRs por pessoas físicas só se iniciará no próximo mês. Todavia, os mercados buscam sempre precificar eventos futuros. 

5. Queda expressiva nos preços do ouro e da prata

Forte recuo no preço do ouro e da prata podem ser interpretados como um prenúncio de realização de lucros em ações listadas no Nasdaq 100. Observe que, nas últimas semanas, as ações ligadas ao comércio eletrônico (MGLU3, VVAR3, BTOW3) , vem exibindo forte correlação com o comportamento do índice Nasdaq.

Para finalizar há fortes indícios de que o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, poderá ser afastado do governo nesta quarta-feira (fonte: Agenda do Poder, 11/8/2020 as 23:17).

Marink Martins