Semana de divulgação de resultados do terceiro trimestre nos Estados Unidos

17/10/2018

Ontem acompanhamos o Dow Jones subindo 500 pontos devido a divulgação de bons resultados do terceiro trimestre de empresas que compõem o índice. O S&P 500 também subiu (1,9% pontos) e recuperou a queda da semana passada.

As boas notícias dos resultados divulgados por companhias que compõem os índices, como a UnitedHealth e Johnson & Johnson, superaram as expectativas e puxaram as ações para cima. Os bancos Morgan Stanley e Goldman Sachs foram outros felizes agraciados - suas ações subiram 5,5% e 2,6%, respectivamente. Os dois índices, Dow Jones e S&P 500, tiveram suas melhores performances desde Março deste ano. A empresa de streaming Netflix anunciou também um resultado positivo, alcançando 137 milhões de usuários em comparação aos 130 milhões do segundo trimestre, levando o preço da ação bater os 400 dólares, 15% acima da abertura.

Teremos hoje a divulgação de resultados de mais empresas que estão no S&P 500, como a Supervalu (varejista); e nesta quinta feira, United Rentals (empresa de aluguel de maquinário), American Express, Paypal e Philip Morris. Na sexta feira teremos a divulgação dos resultados do terceiro trimestre de P&G, Honeywell (bens de consumo) e Schlumberger (petrolífera). Serão divulgados até o final do mês os resultados de Microsoft (dia 24), Alphabet (dia 25) e Facebook (dia 30). Os dados do JOLTS (Job Openings and Labor Turnover Survey), divulgados pelo governo dos EUA mostraram um saldo positivo de 7.1 milhões de novos postos de trabalho em Agosto, o que refletiu no sentimento positivo do mercado ontem.

Os bons números contrastam com a preocupação que se mostrou presente na queda da semana anterior, que foi a maior baixa nos índices desde 2016. Se as boas notícias em relação aos mercados continuarem, puxando os índices para cima, Trump poderá se beneficiar nas eleições de midterm dia 9 de Novembro (Câmara, Senado, e Governos estaduais) - pois com certeza ele tentará capitalizar estes bons ventos a seu favor. Lembrando que o resultados destas eleições irão definir o poder que Trump terá para decidir os temas orçamentários do governo dos Estados Unidos para 2019.  

Marink Martins