Seja Bem Vindo (a) !

Todas as publicações neste site são de autoria do Analista Fundamentalista Marink Martins (CNPI 1419), não configurando uma casa de análise independente, de acordo com o art. 3º, III, da Instrução CVM 598/2018. 

No início de 2021 a bolsa de valores local estava em festa com empresas como Magazine Luiza, Rede D´Or e B3 registrando uma capitalização de mercado superior a 100 bilhões de reais. Ainda que houvesse um claro desconforto com o "valuation" destas empresas, poucos tinham coragem de sugerir a venda destes ativos. Após uma década em que o mundo dos...

Para grande parte da comunidade investidora brasileira, todas as mazelas que afligem a nossa bolsa são oriundas de incertezas fiscais. Ainda que não haja dúvida a respeito de nossa fragilidade fiscal, há outros fatores globais que vem contribuindo para um certo desdém em relação aos ativos brasileiros.

A expressão "The Winner Takes It All" (O Vencedor Leva Tudo!) é velha. Foi título de um dos maiores sucessos da banda sueca ABBA em seu álbum de 1980. Já no mercado de ações foi ganhando tração na medida em que foram surgindo "platform companies" como America Online (anos 90), Yahoo, Amazon Web Services, Google, Facebook, LinkedIn (Microsoft),...

Administrar um ciclo de queda nos preços das ações nunca é fácil. Agora, fazer isso durante um período em que boa parte do mundo vive um período de festa é bem mais difícil. Nos últimos dias, enquanto o índice S&P 500 registrou uma série de recordes de alta, por aqui registramos uma tremenda agonia.

Não há dúvida de que o tema "AI -- inteligência artificial" -- é o mais dominante do momento e principal razão para um mercado altista que não para registrar uma máxima atrás da outra. A imagem abaixo ilustra a performance das ações das 7 Magníficas (excluindo a TESLA) desde o mês de dezembro de 2023:

No começo da década passada, o mercado de ações norte-americano e adjacências balançaram em meio a ameaças vindas da Grécia, do Chipre, dos PIIGS, da falência do banco belga Dexia, etc. Curiosamente, um evento marcante como a eleição no parlamento europeu neste fim de semana parece não abalar, de forma alguma, a confiança do investidor americano....


Na Índia, Narendra Modi venceu, mas saiu com um gosto amargo. Seu partido, o BJP, não conquistou maioria na câmara dos deputados. Tal evento tem uma enorme importância para os investidores globais e, em um horizonte de tempo um pouco mais longo, poderá se provar como algo positivo para que o Brasil recupere (parcialmente) um espaço perdido para a...

Quem dormiu no ponto acordou em um novo "bull market"! Desta vez, entretanto, este mercado altista tem características globais puxando diversos índices; da Europa à China. Há indícios de que a "festa" vai até o dia 22 de maio -- data da divulgação do resultado do 1T24 da Nvidia. Assim, investir no mercado de ações brasileiro se mostra como uma...

Julian Brigden, estrategista da Macro Intelligence Partners, recentemente apresentou alguns argumentos indicando que o FED deverá normalizar a taxa básica de juros nos mesmos moldes do que ocorrera durante o período entre 1967 e 1969. Em anexo, segue sua mais recente apresentação.

A estrategista Lyn Alden tem uma visão de mercado bem interessante. Ela está no campo dos "inflacionistas", assim como Louis-Vincent Gave, mas é mantém uma mente bem aberta para investimentos em ativos que dependem de efeitos de rede ("network effects") como as cryptomoedas.


Histórias reais de um trader. Confira os Relatos:

Por que o ouro foi o elemento químico escolhido pela humanidade como reserva de valor? Confira no podcast abaixo:


Faça uma busca nas análises do MyVOL: