Diante de toda incerteza, o melhor é não fazer nada!

28/11/2018

Hoje compartilho com vocês minha rápida análise sobre o mercado global.
Confira!

Marink Martins


A novela da cessão onerosa

(escrito por Mariana Ratão)

A possível aprovação do projeto da Cessão Onerosa, que beneficiaria a Petrobras, trouxe uma expectativa que levou a PETR4 subir mais de 5% ontem - já está em vias de ser digna da criação de Eça de Queiroz.
A demora dos senadores em resolver definitivamente a questão é eterna - ontem Eunício disse que talvez poderiam votar, depois que só se houvesse acordo, e por fim, encerrou a sessão sem definição. Tudo parecia que seria resolvido por ontem, mas novamente, não foi.

Agora sabemos que Romero Jucá irá reassumir hoje a liderança do governo Temer no Senado, e prometeu aprovar até o final do ano a cessão onerosa e o orçamento 2019.

O desenrolar da situação se dá enquanto são feitos os acordos entre o futuro governo e a situação, além dos estados e municípios, que pediram repartição de 20% do bônus.

A expectativa para a aprovação do projeto é grande e se arrasta a muitas semanas, mas tome cuidado para que a ansiedade da aprovação não se transforme em uma armadilha, pois ao que tudo indica o mercado trabalha com uma saída favorável para a Petrobras.

Se a expectativa da votação se alongar ainda mais - o que não é difícil, dado que o Senado precisa aprovar o orçamento 2019 e outras reformas encaminhadas por Bolsonaro - a tão esperada disparada na estatal pode se arrastar, presa no Senado Federal.


Tendências Globais
Bitski - o que as criptomoedas precisam.

Quem já fez uma transferência em bitcoin, litecoin, ethereum...sabe que nada é muito "user-friendly". A menos que se use a carteira de uma corretora - e todo mundo sabe que corretora não é carteira, mas mesmo assim, devido a ser mais fácil e rápido, quem não usou aquela wallet por preguiça, ou vai fazer, ou está fazendo. É muito mais prático, mesmo sabendo que não é seguro usar a wallet de corretora como sua "reserva", e todo mundo faz isso.


Realizar transações em criptomoedas ainda exige do usuário um conhecimento moderado do que está ocorrendo, pois senão o dinheiro pode ser perdido com facilidade.

É para resolver esse problema, em pequenas transações em aplicativos para iOS e Android, que foi criado o Bitski. A maioria das pessoas nunca irá usar um serviço que seja de difícil acesso, isso é fato. Somos preguiçosos por natureza.

No caso das criptomoedas, o Bitski facilita as transações - por exemplo, o usuário, ao utilizar um jogo, se conecta ao Bitski dentro do aplicativo, e após uma verificação, a transação está completa.

A usabilidade da interface faz com que a ferramenta seja útil para desenvolvedores de jogos e aplicativos, que poderão contar com uma maior segurança integrada ao pagamento em criptomoedas, já que o Bitski estará integrado ao aplicativo final para o usuário, sem a necessidade de sair da interface para completar a transação.

Assim, para Donnie Dinch, fundador do Bitski, "Estamos construindo para alcançar milhões de consumidores comuns e a Bitski é a única solução de carteira para alcançar usuários nessa escala. Ele possui uma interface simples, segura e familiar que aborda todos os pontos problemáticos ao longo da jornada do usuário". A fonte de renda do Bitski será a taxa cobrada pelo uso da carteira nas transações.

A escalabilidade no uso de criptomoedas para pagamentos em aplicativos mobile é a barreira a ser derrubada pelo Bitski, que propõe integrar facilmente as transações para os usuários mainstream.


Mariana Ratão