Inovações Tecnológicas por Mariana Ratão

29/07/2018

Verizon - A empresa americana de telecomunicações lançou no dia 28 seu novo produto, o aplicativo Safe Wifi. Na onda contrária dos anúncios pagos em redes sociais, o Safe Wifi entrega para o usuário uma VPN (rede privada) que protege seus dados enquanto estiver usando uma rede Wifi pública. Além disto, o aplicativo bloqueia anúncios indesejados enquanto estiver ativado. Disponível na Google Play e Apple Store americanas, a assinatura do serviço custa apenas $3.99 dólares ao mês.

Alexa versus Spotify - A Amazon anunciou no dia 26 novas funcionalidades para a Alexa, a assistente virtual presente nos aparelhos Echo Dot. Com Alexa Cast, os dispositivos Amazon competirão de maneira direta com o Spotify. Integrada ao aplicativo Amazon Music, o usuário poderá controlar as músicas que desejar ouvir em qualquer dispositivo. Vale lembrar que a Amazon Music parte para a briga no streaming musical enquanto o Spotify anunciou esta semana que chegou na marca de 83 milhões de assinantes premium.

Telegram - Você já usou o Telegram? O aplicativo é o primo russo do WhatsApp. Criado pelos irmãos Pavel e Nikolai Durov - criptografa todas suas mensagens; além de contar com as funcionalidades de chats secretos e mensagens que se autodestroem no tempo programado. Nesta quinta o aplicativo lançou a funcionalidade Passport. O Passaport permite que o usuário Telegram armazene em nuvem seus dados pessoais, como identidade, passaporte, endereço, telefone; e até mesmo dados bancários. Integrado com o Passaport, vem o ePayments - inspirado pela tecnologia das criptomoedas, a plataforma oferece uma maneira rápida para se fazer transferências online em qualquer moeda corrente via cartão de crédito Mastercard.

Google Assistant - "Ok Google!". Quem possui um celular com a simpática Assistant sabe como é prático usá-la. Ainda não lançado no Brasil, o gadget Google Home - concorrente do Amazon Echo - ganhou a funcionalidade que a permite gravar rotinas diárias pré-definidas. A casa auxiliada pela Assistant agora poderá ligar seu despertador no horário programado em dias diferentes da semana. Basta que o dono do gadget Home faça a atualização da nova versão do aplicativo disponível na Play Store.

IBM - IBM avança para o mundo da blockchain e cria uma criptomoeda "lastreada" em dólar. Chamada de "Stronghold USD", a invenção promete ser uma alternativa segura para a transferência de "dólares" - mas registrados na blockchain. O token concorrerá com o Tether (USDT), que faz o papel do dólar no mundo das criptomoedas. Em 2017 a Tether Limited (subsidiária da corretora Bitfinex) demitiu a firma de auditoria Friedman LL, aumentando as suspeitas de que não possua totalmente as alegadas reservas em dólar. Com uma confiabilidade de décadas; se a IBM estabelecer a Stronghold USD no mercado, poderá desbancar o Tether como o "dólar" digital.

ETF do Bitcoin - Ainda não! A SEC (Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos) rejeitou nesta quinta-feira a criação de um ETF - um fundo de investimento negociável na bolsa de valores - proposta pelos irmãos Winklevoss, donos da Gemini, corretora de criptomoedas americana. A SEC alegou que sua preocupação não está em fundamentos do Bitcoin, mas sim em como verificar fraudes e manipulações neste mercado. Há outro pedido na SEC sobre o Bitcoin, feito pelas empresas VanEck e SolidX, mas a resposta da comissão poderá vir somente na segunda semana de Agosto.

As fontes de análises que embasam o trabalho que aqui publico exploram um tema comum nesta terça-feira: o declínio no percentual do fluxo de caixa corporativo destinado a investimentos em "capex". Se nos anos 90 as empresas americanas destinavam 1/3 do fluxo de caixa livre a dividendos, outros 1/3 a recompra de ações e um último 1/3 a "capex", hoje...

Quero aqui -- nesta sexta-feira -- dar um basta no pessimismo! Ele nos protegeu demais até este momento! No entanto, tudo tem limites. Acredito que finalmente é chegada a hora de ficar com uma posição mais comprada tanto em ativos brasileiros como em ativos americanos. FAVOR NÃO ENTENDER ESTE COMENTÁRIO COMO UMA RECOMENDAÇÃO DE QUE VOCÊ DEVA IR COM...

Tomar dinheiro barato no Japão e investir em títulos brasileiros tem sido uma das operações mais rentáveis do ano. No entanto, há quem acredite que a próxima eleição no Congresso japonês poderá ser um evento catalisador para uma mudança na manipulação da curva de juros praticada pelo Banco do Japão (BoJ)...

www.myvol.com.br