Mais um ataque a estratégia de "buy & hold"

08/06/2018

O mundo está transitando de um período de abundância de recursos para um de escassez de recursos. A transição é lenta e a influência dos Bancos Centrais certamente distorcem este efeito. Dito isso, o fim do bônus demográfico global será o grande responsável por esta transição que, em questão de tempo, torna-rá o custo do dinheiro mais elevado! 

Reitero aqui o meu ceticismo com relação a estratégia de compra de ações para o longo prazo ("buy & hold strategy").

Já venho batendo nesta tecla há um bom tempo. Hoje, em particular, retomo o assunto pois a Casa de Pesquisa Gavekal faz uma bela análise ilustrando como as mudanças demográficas colaboram para um maior pessimismo com relação a investimentos em títulos de renda fixa de longo prazo.

Com o envelhecimento da população global teremos um número menor de entrantes no mercado de trabalho e, consequentemente, uma menor formação de poupança. Este foi um dos fatores que mais contribuiu para redução nos juros de longo prazo dos anos 80 até os dias de hoje.

Embora a ênfase do trabalho seja o mercado de renda fixa é natural estendermos suas consequências para o mercado de renda variável. Nas bolsas buscamos trazer a valor presente os fluxos de caixas projetados para o futuro utilizando taxas de desconto de longo prazo. Uma eventual elevação em tais taxas, tem um impacto direto no "valuation" das ações. 

Confesso aqui que desde que li o livro "The rise and fall of american growth" do professor Robert J. Gordon, da universidade Northwestern, fui bastante influenciado por suas ideias com relação as diversas barreiras presentes nos dias de hoje que impedem a continuidade do longo período de crescimento econômico registrado pelos EUA nos últimos 30 anos. Além das questões demográficas, um maior endividamento do governo e uma maior desigualdade social também contribuem para a expectativa de que, não só os EUA, mas o resto do mundo tende a crescer bem menos nos próximos anos.

Abaixo, segue o vídeo em que faço uma brincadeira com Warren Buffet que tornou-se um ícone associado a estratégia de "buy & hold".


Em épocas em que a moeda de um determinado país está forte, é quase certo que o consumo dos seus cidadãos tende a crescer de forma significativa, até mesmo gerando algumas situações que podem ser vistas como abusivas. Muitos brasileiros hão de se lembrar de abusos observados em aeroportos internacionais durante aquele período ao redor de 2010 em...

Espera-se que quanto mais importante e maior for um determinado ativo, maior será o escrutínio por parte dos analistas envolvidos. Assim, é natural esperar que empresas cujas capitalização de mercado supere 1 trilhão de dólares se comporte de forma menos volátil exibindo assim uma maior previsibilidade.

Estaria o mercado de ações norte-americano precificado de forma a refletir um pouso suave perfeito? Penso que este é o questionamento do momento.

www.myvol.com.br