Estamos perdendo o "gluon econômico" que nos mantém unidos!

17/07/2018

Você já reparou que nesta guerra comercial entre os EUA e a China as regras comerciais estabelecidas pela Organização Mundial do Comércio (OMC) foram completamente ignoradas por ambos?

Essa guerra, que está em seu primórdio, tem tudo para se intensificar e, eventualmente, se transformar em um conflito mais sério no Mar do Sul da China. Em 2016, a China ignorou uma decisão tomada pela corte internacional de justiça no que diz respeito a sua atuação no local, e ficou por isso mesmo.

Aos poucos, os pilares que dão sustentação ao que chamamos de globalização começam a ruir. Neste momento, tudo isso pode parecer pessimismo excessivo. Pode até ser! Mas o risco parece ser crescente.

Diante de tudo isso, recoloco um texto que escrevi no mês passado que aborda este assunto.

Na briga por hegemonia, entre o dominante DÓLAR e o "underdog" IUANE, utilize como termômetro para avaliar a direção do mercado o comportamento do preço do ouro.

Caso este se desvalorize, podemos interpretar como uma vitória da moeda americana. Caso contrário, o oposto e, naturalmente, uma chance para que a moeda chinesa ganhe um pouco mais de espaço.

Confira o texto ao clicar na imagem abaixo:


Para grande parte da comunidade investidora brasileira, todas as mazelas que afligem a nossa bolsa são oriundas de incertezas fiscais. Ainda que não haja dúvida a respeito de nossa fragilidade fiscal, há outros fatores globais que vem contribuindo para um certo desdém em relação aos ativos brasileiros.

A expressão "The Winner Takes It All" (O Vencedor Leva Tudo!) é velha. Foi título de um dos maiores sucessos da banda sueca ABBA em seu álbum de 1980. Já no mercado de ações foi ganhando tração na medida em que foram surgindo "platform companies" como America Online (anos 90), Yahoo, Amazon Web Services, Google, Facebook, LinkedIn (Microsoft),...

Administrar um ciclo de queda nos preços das ações nunca é fácil. Agora, fazer isso durante um período em que boa parte do mundo vive um período de festa é bem mais difícil. Nos últimos dias, enquanto o índice S&P 500 registrou uma série de recordes de alta, por aqui registramos uma tremenda agonia.

www.myvol.com.br